20191218 163635

Presidente do conselho da EMTU, Danilo Ferreira Gomes (ao centro de terno), apresenta o app

A secretaria de Transportes Metropolitanos do estado de São Paulo lançará um app colaborativo com informações de diversos transportes do ecossistema estadual e privado no próximo ano. Em conversa com Mobile Time na última quarta-feira, 18, Danilo Ferreira Gomes, presidente do conselho de administração da EMTU, confirmou que o aplicativo chegará em meados de fevereiro de 2020 ao grande público.

Inicialmente chamado de ”App STM”, a ferramenta oferecerá: opção de trajeto por preço e tempo através de diversos meios, como metrô, trem e ônibus; alertas colaborativos pelo mapa, similar ao Waze; sistema de alarme para avisar o melhor horário para sair; ocorrências operacionais; sugestão de rotas alternativas; filtro de notificações personalizado, com rotina e rota do usuário; e feed do Twitter dos canais oficiais.

“É um canal de comunicação direta do sistema com o passageiro. Vamos roteirizar a micromobilidade e o nosso sistema de transporte (ônibus, metrô e trem), levando em consideração tempo, dados operacionais e custo”, afirmou Ferreira Gomes. “Ele será colaborativo, similar ao Waze. A partir desse app, teremos uma real visão deste sistema (de transportes) e poderemos cobrar as concessionárias e prestadoras de serviços”.

Durante conversa em evento organizado pela Tembici, em São Paulo, o presidente do conselho da EMTU explicou que o app vai ajudar na checagem da qualidade dos serviços, de modo a acompanhar e cobrar qualidade dos concessionários e dos prestadores de serviços, pois terá a colaboração da população via app para alertar se um modal está sujo, por exemplo.

Outro diferencial do app é que ele ajudará a desenvolver um painel trimestral para entender o uso dos transportes pelo cidadão, uma vez que terá os dados de uso. Produzido pela equipe da secretaria de Transportes Metropolitanos, o app deve ter abertura para APIs no futuro. A ideia é que outros aplicativos desfrutem das informações estaduais.