Brecha no WhatsApp permite acesso a dados dos usuários

App de mensageria pede que usuários atualizem o aplicativo. Programa malicioso foi criado pelo NSO Group, empresa israelense que oferece soluções de ciberespionagem