Anatel não quer IoT como serviço específico

Visão do órgão é que regulamentação atual e destinação da radiofrequência já permitem diversas aplicações em cima das outorgas