A Polícia Civil de São Paulo usará a tecnologia de reconhecimento facial em suas investigações. Fotos e vídeos de suspeitos nas cenas dos crimes serão cruzadas com os rostos de 35 milhões de pessoas em documentos de identidade emitidos no estado pelo Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD).

Policiais de várias delegacias passarão por um treinamento em dezembro para o uso da ferramenta. “Será um treinamento apenas para o uso da solução em si. O capital humano da Polícia Civil de São Paulo já é muito bom”, ressalta Ricardo Abboud, gerente de vendas e marketing de soluções de biometria e identidade da Thales Gemalto, desenvolvedora da solução.

A Thales Gemalto fornece desde 2013 o sistema automatizado para verificação de impressão digital usado pela Polícia Civil de São Paulo. A ferramenta de reconhecimento facial faz parte de um novo contrato de uma recente licitação vencida pela empresa junto ao governo paulista. Vale lembrar que a Thales Gemalto também é responsável pelo sistema de biometria utilizado pelo governo norte-americano em seus portos, aeroportos e embaixadas no mundo inteiro para controle de imigração, com cerca de 700 milhões de pessoas cadastradas. E no ano passado, a solução da empresa para reconhecimento facial em tempo real (Live Face Identification System, ou LFIS) venceu um rally internacional com 12 competidores promovido pelo Departamento de Segurança Interna (DHS, na sigla em inglês) e pelo Instituto Nacional de Padrões e Tecnologias (NIST, na sigla em inglês) do governo dos EUA.

Além da polícia paulista, a fluminense também vem experimentando a tecnologia de reconhecimento facial, mas, no seu caso, por meio de um teste piloto cruzando as imagens captadas por câmeras de monitoramento nas ruas com aquelas de foragidos da justiça. Em quatro meses de teste, 63 pessoas foram presas graças a essa tecnologia, informou Mobile Time em matéria recente.

Mobi-ID

Ricardo Abboud, da Thales Gemalto, e o coronel Mauro Fliess, da Polícia Militar do Rio de Janeiro, porta-voz do projeto de reconhecimento facial no estado fluminense, participarão do Mobi-ID, seminário sobre soluções de identificação e autenticação digitais, no próximo dia 25 de novembro, no WTC, em São Paulo. O evento contará também com executivos de empresas e instituições como Acesso Digital, Cisco, Dinamo Networks, Huawei, IBM, In Loco, LogMeIn, NEC, Opinion Box, PicPay, Prefeitura de São Paulo, Sky, TSE, Venuxx, Visa e Vivo. A programação atualizada e mais informações estão disponíveis em www.mobi-id.com.br, ou pelo telefone 11-3138-4619, ou pelo email eventos@mobiletime.com.br.