A Pegasystems, uma empresa norte-americana de software, apresentou ao mercado brasileiro o software corporativo Pega Infinity, de inteligência artificial e soluções de marketing e gestão para empresas. A companhia busca espaço em um disputado segmento que possui Salesforce, Oracle e IBM. “Nós atuamos (por meio de parceiros) no Brasil desde 2015. Mas esta é a primeira vez que estamos chegando ao País para valer”, disse Robert Spencer, gerente geral da companhia na América Latina.

“Nossos principais competidores nos EUA são os mesmos do Brasil: Oracle, IBM e Salesforce. Mas a nossa diferença é que permitimos uma solução totalmente integrada aos negócios e damos a opção de reescrever a tecnologia por meio da nossa tecnologia de zero-code”, completou o executivo.

A Pega passa a ter uma operação própria local com a abertura do escritório em São Paulo que possui 12 funcionários. A empresa ainda tem representações no México e na Argentina, totalizando 25 funcionários na região latino-americana. A companhia tem como objetivo crescer no Brasil, México, Caribe, América Central, além de Argentina, Chile e Peru. Em clientes, o seu foco é em operadoras de telefonia, bancos e seguradoras.

“Estamos há 36 anos no mercado de software, temos mais de 5 mil funcionários e tivemos mais de US$ 1 bilhão de receita em 2018. No Brasil nós começamos com Bradesco Seguros e Oi em 2015. Hoje, nós estamos no banco Santander, Oi e outros dois bancos”, completou Spencer, durante conversa com a imprensa no Ciab Febraban nesta quarta-feira, 12.

Soluções

No Pega Infinity, a companhia traz toda interação com clientes e automação de processos digitais. Pelo lado da interação com clientes há ferramentas de marketing, automação de vendas, customer service, customer decision hub (o modelo de inteligência artificial), automação de robótica, workforce intelligence (insights de processos) e o Pega Platform (estrutura de desenvolvimento).

Vale frisar que a solução é customizável, ou seja, as empresas podem contratar o software com os módulos que desejarem. O modelo de pagamento pode ser com oferta com contratos de 12 a 60 meses ou perpétuo, com instalação on-premise ou na nuvem.

Resultados

Um dos cases apresentados pela empresa foi com a Oi. De acordo com Dagoberto Freitas, executivo sênior da Pega no Brasil, a operadora usa o Pega Marketing para criar um sistema unificado de atendimento em 22 operações, com 9 mil agentes de atendimento e 1 mil lojas. Como resultado, a operadora obteve 5 milhões de transações processadas e aumento de 38% nas taxas de conversão e de 12% na receita por usuário no primeiro ano da operação.

Além da Oi, Freitas revelou que um banco brasileiro usa a solução mobile da Pegasystems, o Pega Mobile. Neste caso, a instituição utiliza a solução móvel para trazer novos clientes (on-boarding) com conta salário.