| Publicada no Teletime | A Federal Communications Commission (FCC) dos EUA anunciou nesta sexta-feira, 15, o fim da primeira fase do leilão de banda C (3.7-3.98 GHz) para serviços 5G no país. Após 97 rodadas, o processo atingiu uma arrecadação bruta de US$ 80,9 bilhões.

Segundo a agência, este é o maior valor já obtido em leilões de espectro nos EUA, desbancando o chamado AWS-3, que levantou cerca de US$ 44,9 bilhões entre 2014 e 2015. Ao todo, 5.694 licenças foram colocadas em disputa neste Auction 107, com 57 empresas qualificadas para lances.

“Os resultados representam um forte endosso do setor privado às regras de serviço e ao plano de transição colocado em prática pela FCC para tornar rapidamente a banda C uma parte crítica do lançamento de 5G nos Estados Unidos”, afirmou o chairman da FCC, Ajit Pai, em referência à limpeza do espectro realizado ao lado das operadoras de satélite incumbentes valorada em US$ 9,7 bilhões.

A partir do esforço, 280 MHz em capacidade foram colocados à disposição. “Com o resultado, nós avançamos significativamente na liderança dos EUA no 5G e permitimos aos consumidores um benefício mais rápido com os serviços”, defendeu em comunicado o dirigente da agência, que teve no leilão um de seus últimos atos no cargo máximo da FCC.

Agora, os licitantes devem atravessar uma fase de atribuição das frequências, para a qual a FCC ainda publicará regras. O nome dos vencedores de cada lote não foi divulgado, mas os valores arrecadados superaram por muito as projeções realizadas antes do certame.