29 Privacidade

Ilustração: Cecília Marins

A Uber (Android, iOS) informou nesta sexta-feira, 16, que a entrada não autorizada em seus sistemas não teve vazamento de dados pessoais ou sensíveis de seus usuários. Na última quinta-feira, 15, a companhia relatou um “incidente de cibersegurança”, que, segundo a Associated Press, se tratava de um hacker que teve acesso a dados da companhia.

Sam Curry, um engenheiro de segurança do Yuga Labs, disse para a agência de notícias norte-americana que se comunicou com o atacante e que ele havia mostrado que comprometera muito a Uber. Mas investigações internas da equipe de segurança da Uber mostraram que o incidente não resultou em problemas, uma vez que:

  • Não foram acessados dados sensíveis, como histórico de viagens dos clientes;
  • Os serviços (Uber, Uber Eats, Uber Freight e Uber Driver) continuam operacionais;
  • E os softwares de uso interno que foram tirados do ar, como o Slack, estão voltando ao uso nesta sexta-feira.

A companhia alertou o incidente às autoridades ainda na quinta-feira.