A Verisoft está estudando a possibilidade de adotar um novo modelo de negócios para o Livroh (Android, iOS), seu app de ebooks e audiolivros: a leitura patrocinada. A ideia é atrair anunciantes para viabilizar o acesso gratuito bancado por publicidade. Uma das alternativas em análise seria e exibição de um vídeo após uma determinada quantidade de páginas lidas.

“Poderíamos cobrar por CPV (custo por vídeo). Há adnetworks especializadas na remuneração de campanhas de vídeo. Buscaríamos vídeos premium para botar dentro do Livroh. Temos uma audiência qualificada, composta de pessoas que buscam cultura. Portanto, poderíamos ter um CPV mais alto que o open market. Estamos estudando o assunto”, explica Renato Marcondes, diretor de desenvolvimento de negócios da Verisoft, em conversa com Mobile Time.

A Verisoft é a responsável hoje pela gestão de data rewards da Claro, tendo contato com diversos publishers e adnetworks. Essa proximidade com o mercado de mobile advertising pode facilitar a implementação do projeto de leitura patrocinada. Além disso, a empresa fechou recentemente parceria com a a distribuidora internacional de ebooks Bookwire.

Hoje o Livroh opera com o modelo de assinatura: o usuário paga um valor semanal ou mensal e tem direito a acessar todo o catálogo de 6,5 mil livros e 2,7 mil audiolivros, enquanto for assinante. A ideia é que os dois modelos de negócios (assinatura e leitura patrocinada) convivam, tal como acontece em serviços de streaming de música. “Queremos transformar o Livroh no Spotify dos livros”, compara Marcondes.

O executivo acredita que a leitura patrocinada poderia incentivar o acesso a livros de qualidade no catálogo do Livroh e que hoje são pouco lidos, o que geraria uma receita nova. “Há muitos livros bons que estão esquecidos. Podemos usar a leitura patrocinada para revitalizar o catálogo das editoras”, sugere. A adoção do novo modelo de negócios ainda depende de negociação com as editoras.

Vale lembrar que o Livroh já oferece hoje acesso a gratuito a quase 600 livros que estão em domínio público. E pretende em breve garantir também a gratuidade de leitura para livros presentes nas listas de vestibulares.

MobiEditorial

Marcondes participará de painel sobre o papel de plataformas digitais na distribuição de ebooks, audiolivros, jornais e revistas na primeira edição do MobiEditorial, seminário online organizado por Mobile Time, no dia 2 de março. Ele terá a companhia de João Leal, cofundador e CEO da Árvore, e de Rodrigo Meinberg, CEO e cofundador do Skeelo. O evento contará também com um painel com representantes das editoras, com presenças confirmadas de executivos da Companhia das Letras, Estadão, Globo Livros, Libre e Record. Confira a programação atualizada e mais informações no site do evento (www.mobieditorial.com.br) ou com a equipe do Mobile Time: eventos@mobiletime.com.br / 11-96619-5888 / 11-3138-4619 (WhatsApp).