A Microsoft introduziu, nesta quarta-feira, 22, o seu chatbot generativo, sustentado pela mesma tecnologia do ChatGPT, nos aplicativos móveis do Bing (Android, iOS) e do Edge (Android, iOS), assim como nas versões desktop e móvel do Skype (Android, iOS). Os novos recursos estão disponíveis para os usuários com acesso à pré-visualização do novo Bing.

recipe

Todas as funcionalidades da versão desktop estão disponíveis nas novas atualizações do app (imagem: divulgação)

O app do buscador Bing ganhou nova aparência e uma experiência atualizada. Ao clicar no ícone do Bing, na parte inferior da tela inicial, o usuário pode iniciar uma sessão de bate-papo com o chatbot, assim como na versão web. Todas as funcionalidade do desktop estão presentes na versão móvel.

É possível escolher como as respostas são exibidas. O usuário tem a opção de visualizá-las em forma de lista, em texto ou em respostas simplificadas. Independente da complexidade, todas as respostas contém referências para consultas das fontes nas quais o bot se baseou.

Um novo recurso também chegou nesta quarta-feira tanto para a versão web quanto para os aplicativos móveis do Bing. Com ele, é possível fazer busca por voz para fazer perguntas e receber respostas do buscador.

Além disso, aqueles que tiverem acesso à pré-visualização podem utilizar o novo Bing na página inicial do aplicativo móvel do Edge, a partir desta quarta-feira.

Skype

Disponível para todos os usuários do Skype, tanto no desktop quanto nos aplicativos móveis, o chatbot também pode ser usado pelos seus 36 milhões de usuários diários. Para isso, basta direcionar uma pergunta ou pedido ao usuário @Bing, em uma conversa do Skype, que também pode ser um chat em grupo.

Futuro

Em comunicado, a Microsoft disse que pretende levar o chatbot para outros apps de comunicação, como Teams (Android, iOS), futuramente. De acordo com a companhia, mais de 1 milhão de pessoas já estão participando do acesso prévio do novo Bing, em 169 países diferentes, com novos testadores adicionados diariamente. O feedback mostrou que 71% deles estão avaliando positivamente o novo chatbot do Bing.