A Loggi recebeu um aporte no valor de US$ 150 milhões e com isso se tornou o mais novo unicórnio brasileiro, ao atingir um valor de mercado de US$ 1 bilhão. A rodada de investimento anunciada nesta quarta-feira, 5, foi capitaneada por SoftBank, Microsoft, GGV, Fifth Wall e Velt Partners.

Com o aporte, a companhia de logística buscará incrementar sua equipe de pesquisa e desenvolvimento. Para isso, a empresa montará um time com mais de 1 mil desenvolvedores de tecnologia. Em sua história de seis anos, a empresa recebeu US$ 295 milhões em investimentos, segundo o Crunchbase.

Atualmente, a Loggi está presente em todo território nacional e realiza 100 mil entregas por dia com foco no e-commerce. Em cinco anos, a empresa espera fazer 5 milhões de entregas diárias e, até 2020, a expectativa é alcançar 100% dos brasileiros.

Análise – Rota dos unicórnios

Neste aporte, a Loggi se tornou o segundo “unicórnio” latino-americano em 2019.  O momento é único para a região e teve como principal chamariz a entrada do Vision Fund do Softbank, um fundo de investimento avaliado em US$ 5 bilhões que investiu recentemente na Rappi.

Parte desse movimento é puxado pela flutuação das moedas latino-americanas ante o dólar. No Brasil, por exemplo, o dólar saltou de R$ 3,76 para R$ 3,92, na comparação entre o final maio de 2018 e de 2019. Mas também está relacionado à demanda da população local por serviços mais eficientes de transportes, entregas e meios de pagamento.

Note-se que embora sejam empresas com até 20 anos de experiência, caso do Mercado Livre, o voo para se tornar unicórnio veio apenas neste último biênio. Como pode ser visto abaixo:

Empresa Ano e mês de fundação Ano e mês em que foi avaliada acima de US$ 1 bi Tipo de Investimento
99 Julho de 2012 Janeiro de 2018 Compra
PagSeguro Setembro 2006 Janeiro de 2018 IPO
Nubank Maio de 2013 Março de 2018 Aporte
Rappi 2015 (não tem mês) Agosto de 2018 Aporte
Stone 2012 (não tem mês) Outubro de 2018 IPO
Mercado Livre Agosto de 1999 Março de 2019 Aporte
Loggi Junho de 2013 Junho de 2019 Aporte

Percebe-se também que quatro companhias (Nubank, Rapp, Mercado Livre e Loggi) tornaram-se “unicórnios” em rodadas de investimento; duas empresas (PagSeguro e Stone) conseguiram atingir o valor de mercado por meio de IPOs; e apenas a 99 foi uma adquirida.