O uso do Pix para transações internacionais deve ficar para um segundo momento do arranjo de pagamento, entre 2022 e 2023. A informação foi compartilhada nesta terça-feira, 6, pelo diretor de organização do sistema financeiro e de resolução do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello: “A possibilidade de fazer um Pix para o exterior está na agenda. Mas não é para o ano que vem. É mais para frente (2022 ou 2023). Isso acontece pois o Pix é uma plataforma multifuncional, vários modelos de negócios surgirão, modelos que ainda nem sabemos”.

“Nesse movimento de priorização, tem coisas mais à frente, como saque no varejo com o Pix; pagamentos com aceite dos PSPs; pagamento por aproximação ou QR Code do pagador”, completou Pinho de Mello, durante evento do FAS Advogados.

Outro motivo para não introduzir o Pix internacional agora é a expectativa de atualização da regulação cambial. O diretor de organização do sistema financeiro do BC acredita que com uma lei cambial mais simples, fluída e inteligente, ficará mais fácil internacionalizar o Pix.

Otávio Ribeiro Damaso, diretor de regulação do BC, explicou que a regra atual é arcaica e confusa. Cita como exemplo decretos em vigor desde 1920 e mais de 440 artigos. A proposta da reforma cambial tem aproximadamente 29 artigos: “Isso trará mais segurança jurídica. E abre o espaço para fazer uma regulação mais flexível e alinhada com os tempos modernos”.

Mobishop

A contagem regressiva para a chegada do Pix será tema do painel de abertura do Mobishop, seminário digital organizado por Mobile Time nos dias 22 e 23 de outubro. Participarão desse painel Edson Costa, diretor de meios de pagamento do Banco do Brasil; Elaine Shimoda, diretora de operações do Mercado Pago; Renato Mansur, diretor de canais digitais do Itaú Unibanco; e
Wagner Martin, diretor de desenvolvimento de negócios da VeriTran. A programação atualizada e mais informações estão disponíveis no site www.mobishop.com.br ou com a equipe de eventos do Mobile Time: eventos@mobiletime.com.br / 11-96619-5888 / 11-3138-4619 (WhatsApp).