A Certisign recebeu aprovação para ser uma administradora na rede de identidade autossoberana que está sendo desenvolvida em âmbito internacional pela fundação Sovrin. A empresa brasileira pretende lançar seus primeiros produtos com esse conceito no ano que vem.

Em uma solução de identidade autossoberana é o consumidor quem gerencia seus dados pessoais, o que pode ser feito a partir de um app em seu smartphone, por exemplo. Ele concede autorização para que empresas acessem seus dados e tudo é controlado através de blockchain.

“À medida que empresas forem adotando a identidade autossoberana, o usuário terá menos disseminação de sua identidade por aí. Isso propicia uma minimização da quantidade de informações sobre nós que hoje estão espalhadas em centenas de serviços diferentes”, explica Maria Teresa Aarão, diretora de inovação da Certisign.

A executiva aposta que o conceito será adotado primeiramente por startups, em provas de conceito, antes de chegar a grandes prestadores de serviços.

Mobi-ID

O conceito de identidade autossoberana assim como diversas técnicas de identificação e autenticação digitais através de smartphones, como senhas OTP, reconhecimento facial, leitura de digital, autenticação comportamental etc, serão debatidos no seminário Mobi-ID, que Mobile Time realizará no dia 26 de setembro, no WTC, em São Paulo. Para mais informações sobre a agenda e ingressos, acesse www.mobi-id.com.br, ou ligue para 11-3138-4619, ou escreva para eventos@mobiletime.com.br.