Apple Store registra 93,55% de receita a mais do que a Google Play. Ao todo, as lojas de aplicativos tiveram US$ 18,2 bilhões em receita no terceiro trimestre de 2018, revelam os dados do Sensor Tower. O valor representa um aumento de 22,7% em relação aos US$ 14,8 bilhões recebidos durante o mesmo período do ano passado. Porém, ao dividir entre as lojas, a Apple fica com US$ 12 bilhões e a Google Play, US$ 6,2 bilhões. “A Apple expandiu sua liderança na monetização de aplicativos sobre o Google, a mais ampla disparidade de receita desde pelo menos 2014 entre as duas plataformas”, escreveu em seu relatório Rendy Nelson, do site Sensor Tower.

No mesmo período do ano anterior, a Apple gerou receita de 9,7 bilhões, o que representa aumento de 23,3%. Já a Google Play, que teve receita de 5,1 bilhões entre julho e setembro de 2017, teve crescimento de 21,5%.q3 2018 app revenue worldwide

Instalações

As instalações de aplicativos cresceram 10,9% nas duas lojas combinadas no último trimestre, para 27,1 bilhões, ante 24,4 no 3T17. A adoção rápida de dispositivos Android de baixo custo nos países em desenvolvimento continuou a dar ao Google Play uma vantagem em termos de crescimento de instalação de aplicativos no último trimestre, de 14,3%, subindo de 17,1 para 19,5 bilhões de ano a ano. No iOS, as novas instalações de aplicativos atingiram 7,6 bilhões no trimestre, um aumento de 3,1% em relação a setembro de 2017, quando a plataforma registrou 7,3 bilhões de downloads pela primeira vez.

q3 2018 app downloads worldwide

A Netflix foi a maior empresa de aplicativos móveis – sem jogos – do mundo pelo terceiro trimestre consecutivo, gerando US$ 243,7 milhões em ambas as plataformas a partir de assinaturas no aplicativo. Ela esteve à frente de apps como Tinder e Tencent Video, que se mantiveram em segundo e terceiro respectivamente, a partir do segundo trimestre.

O Facebook novamente liderou o gráfico global de download de aplicativos com quatro dos cinco principais aplicativos do terceiro trimestre. O aplicativo de vídeos curtos da Bytedance, TikTok, que absorveu o aplicativo de karaokê social Musical.ly durante o trimestre, ficou em quarto lugar no ranking mundial, tendo crescido 15% em relação ao trimestre anterior e 440% em relação ao ano anterior.

q3 2018 top apps worldwide

Os jogos

Os gastos com jogos para dispositivos móveis aumentaram 14,9% ano a ano durante o trimestre, para US$ 13,8 bilhões, ou 76% de toda a receita de aplicativos em todo o mundo, em ambas as plataformas. A Apple Store respondia por cerca de 62% (US$ 8,5 bilhões) dessa receita e cresceu 12,8% em relação ao mesmo trimestre do ano passado. A receita de jogos do Google Play cresceu 18,4%, de US$ 4,5 bilhões para US$ 5,3 bilhões.

Os downloads de jogos para celular cresceram 2,2% ano a ano no último trimestre, totalizando 9,5 bilhões nas duas plataformas. O Google Play teve a maioria deles, 7,2 bilhões, o que representou cerca de 76% de todas as instalações de jogos para celular, e cresceu 2,4% em relação aos 7 bilhões do mesmo trimestre do ano anterior. Os downloads de jogos na Apple Store cresceram 1,6%, para 2,3 bilhões, contra 2,2 bilhões no 3T17.

A receita de jogos foi mais uma vez liderada por títulos da Ásia, com o MOBA Honor of Kings, da Tencent. O Pokémon GO, da Niantic, foi o mais bem classificado do mundo em termos de receita, en

quanto o Fortnite, da Epic Games, ficou em nono lugar, apesar de não estar mais disponível no Google Play.

Os downloads de jogos continuaram a ser liderados por títulos hiper-casuais, incluindo o Helix Jump da Voodoo da França. Na verdade, sete dos dez principais jogos caíram nesta categoria, com um título hard-core, o PUBG Mobile, da Tencent, entrando no top cinco.

q3 2018 top games worldwide