O relatório da ScientiaMobile no primeiro trimestre de 2018 mostra que o iPhone 7 passou o Samsung Galaxy J7 Prime como o smartphone mais utilizado na América do Sul. No documento divulgado nesta quinta-feira, 16, o handset da Apple teve 3,48% de uso ante 3,39% do J2 Prime que também passou o J7 Prime, que ficou na terceira posição com 3,38%.

 

Modelos Adoção no 1T2018 Variação entre 1T2019 x 4T2018
Apple iPhone 7 3,48% 0,13%
Samsung Galaxy J2 Prime 3,39% 0,06%
Samsung Galaxy J7 Prime 3,38% -0,41%
Samsung Galaxy J5 Prime 2,60% -0,34%
Apple iPhone 6S 2,51% 0,09%
Apple iPhone 6 2,38% -0,05%
Apple iPhone 7 Plus 2,04% 0,15%
Samsung Galaxy J7 Prime (2016) 1,91% -0,41%
Samsung Galaxy J5 1,89% -0,41%
Apple iPhone 8 Plus 1,70% 0,23%
Apple iPhone X 1,65% 0,06%
Apple iPhone 8 1,57% 0,26%
Samsung Galaxy S8 1,45% 0,25%
Huawei P20 Lite 1,13% 0,46%
Apple iPhone SE 1,07% -0,07%
Samsung Galaxy S7 Edge 0,78% -0,15%
Samsung Galaxy S7 0,70% -0,13%
Apple iPhone XR 0,45% 0,38%
Apple iPhone XS Max 0,42% 0,24%
Apple iPhone XS 0,39% 0,28%
Samsung Galaxy Grand Prime + 0,05% 0%
Outros 65,05% -0,63%

 

Nota-se que fora da lista estão handsets como iPhone 6S Plus, Samsung Galaxy A5 (2017) e Moto G5 Plus. Em seus lugares entraram Huawei P20 Lite (que não é vendido oficialmente no Brasil) e os iPhones XR, XS e XS Max.

Outro referencial que merece destaque é a soma que “Outros” (dispositivos, no fim da tabela) somam: 65% do total de uso na região. Ou seja, o mercado de smartphones ainda é bem pulverizado em adoção, com as marcas do topo não alcançando a metade do total, apenas 35%. Para efeito de comparação, o contrário acontece na Oceania e América do Norte, com as marcas do topo chegando a 55,7% e 64%.

Em relação ao tamanho das telas, os displays de 5,5 a 6 polegadas são as mais usadas (37%), seguido por 5 a 5,5 polegadas (32%), 4,5 a 5 polegadas (16%), 6 a 6,5 polegadas (9%), acima de 6,5 polegadas (6%), 4 a 4,5 polegadas (5%), 3 a 4 polegadas (2%) e 2 a 3 polegadas (1%).  A soma extrapola 100% pela variação entre as telas.

Vale lembrar, a ScientiaMobile tem acesso, devidamente autorizado, para coletar informações de dispositivos móveis. Assim, para realizar a pesquisa a empresa de análise de dados em devices se serviu de uma amostra de 106,4 bilhões de requisições de informações de dispositivos, feitas entre abril de 2014 e abril de 2019.

Essas informações coletadas são 51% de smartphones, 5% de tablets, 2% de feature phones, 41% de desktop, 1% de robôs e 0,2% de SmartTVs. Neste caso, como a pesquisa foca especificamente dispositivos móveis, os PCs, robôs e TVs foram tirados do estudo (42% da análise).

Tablets

Em tablets, o iPad Air 2 é o tablet com mais uso na América do Sul, com 10,26%. Já o iPad 4 aparece logo atrás com 8,22%, seguido do Galaxy Tab 3 Lite com 4,28%, iPad Air com 3,77% e iPad (2017) com 3,67% ao final do primeiro trimestre de 2019.

 

Modelos Adoção no 1T2018 Variação entre 1T2019 x 4T2018
Apple iPad Air 2 10,26% 2,66%
Apple iPad 4 8,22% 2,08%
Samsung Galaxy Tab 3 Lite 4,28% 0,36%
Apple iPad Air 3,77% -1,04%
Apple iPad (2017) 3,67% -0,10%
Samsung Galaxy Tab E 3,36% -1,16%
Intel ECS TR10CS1 3,11% -1,23%
Apple iPad 2018 2,96% 0,66%
Apple iPad mini 4 2,68% 0,58%
Apple iPad mini 2 2,67% -0,06%
Apple iPad pro 9,7 pol 1,38% 0,28%
Apple iPad Pro 10,5 pol (2017) 1,34% 0,25%
Apple iPad 2 1,24% 0,22%
Samsung Galaxy Tab 10,1  pol 1,18% 0,26%
Samsung Galaxy Tab 3G 1,10% -0,05%
Apple iPad mini 1,00% -0,15%
Galaxy Tab A 9,7 pol 0,96% -0,07%
Galaxy Tab A 0,80% -0,17%
Outros 46,03% -3,33%

 

Entre os tamanhos de telas mais adotados estão: 9,5 a 10 polegadas (43%), 7 a 7,5 polegadas (25%), 10 a 11 polegadas (17%), 7,5 a 8 polegadas (8%), 8 a 9 polegadas (5%), 9 a 9,5 e acima de 11 polegadas (1% cada).

Dispositivos móveis na América do Sul

Ao fazer a divisão por dispositivos móveis na América do Sul, os smartphones respondem por 92% do uso. Os tablets somam 4% e os feature phones 3%. Em sistema operacional, o Android é o mais utilizado, 80%, iOS aparece com 20%.