Para que a passagem gradual do 4G para o 5G seja harmoniosa e sem interrupções, a Ericsson apresenta uma série de soluções em seu portfólio para que provedores de serviços façam a evolução para a rede de quinta geração e a implementem em escala. Para tal, a empresa apresenta opções de core, acesso via rádio e zonas de transporte, além de orquestração de serviços.

A Ericsson evoluiu seu portfólio de Cloud Core com sete novos produtos que suportam todas as gerações de tecnologia móvel legadas, bem como SA e NSA e NSA 5G, e promete alternar entre elas, dependendo do que estiver disponível. A dual-mode 5G Cloud Core é uma solução nativa da nuvem para gerenciamento automatizado de capacidade e operações robustas com suporte à rede de quinta geração standalone, non-standalone e gerações passadas. Ela também entrega alta performance para lidar com as demandas de casos de uso de 5G e inclui APIs abertas à inovação com funcionalidades do 5G, como fatiamento de redes e edge computing.

A Ericsson também está aprimorando seu portfólio de sistema de micro-ondas com a chegada do MINI-LINK 6200, de soluções de Long Haul, que oferece capacidade de até 10 Gbps, e prontas para o 5G.

Há também novidades em rádios e Radio Access Network virtualizada (vRAN), com nove novas rádios dual band, triple band e de alta performance Massive MIMO. Com a virtualização do software 5G NR é possível administrar o fluxo de tráfego de dados de um grande número de usuários. A nova função permite que provedores de serviços implementem uma arquitetura com processamento inteligente de tráfego de dados, fazendo a passagem do 4G para o 5G.

Para a simplificar operações, o Ericsson Dynamic Orchestration introduziu a funcionalidade de automação do fatiamento de redes com criação, testes e implementação das fatias, o que permite uma introdução rápida de serviços 5G. A solução também implementa automações de inteligência artificial closed-loop para redes híbridas (incluindo funções de redes físicas, virtuais e baseadas em contêineres) em um ambiente multi-vendor, capaz de identificar o impacto dos serviços e adaptar a rede em tempo real para entregar a melhor experiência ao usuário final.