A Abrint (Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações) está preparando um teste de Wi-Fi 6E para o São João 2023 de Campina Grande/PB, que começa a partir de 1 de junho. A informação foi passada por Aristóteles Dantas, diretor financeiro da associação, durante sua participação do Encontro Nacional Abrint 2023 nesta terça-feira, 24.

A data da instalação da rede ainda não foi confirmada, mas a prova será feita em parceria com a Cambium Networks (fornecedora dos equipamentos) e o provedor de rede local Próxima. Ao todo serão três equipamentos no padrão 6E a serem instalados nos camarotes de São João para que os visitantes acessem a rede outdoor.

Cada equipamento da Cambium tem capacidade para 2,5 mil acessos simultâneos, o que permitirá 7,5 mil acessos no local.

Teste na Abrint

IMG 20230524 111317364 HDR

Ministro das Comunicações Juscelino Filho e o presidente da Abrint, Mauricélio Oliveira (crédito: Henrique Medeiros/Mobile Time)

A Abrint também está realizando um teste com a Cambium em São Paulo, durante o seu evento voltado para o mercado de ISPs. A tecnologia estava disponível para visitação e uso na sala dentro do auditório principal e foi demonstrada ao ministro das Comunicações, Juscelino Filho.

A associação é um dos representantes que pleiteiam a faixa de 6 GHz para o Wi-Fi. Do outro lado estão as grandes operadoras e fornecedores de core de rede, que querem a frequência ou parte dela para o 5G. Vale lembrar que a Anatel já decidiu em favor do Wi-Fi, mas operadoras e vendors seguem pressionando o governo contra a decisão da agência.

No teste desta terça-feira, a velocidade atingida de download estava próxima de 800 Mbps e a de uplink, 700 Mbps. Contudo, o teste em São Paulo utilizou apenas a frequência de 6 GHz. Aquele realizado em Campina Grande, no próximo mês, será em 6 GHz, mas também nas faixas habituais do Wi-Fi, 2,5 GHz e 5 GHz.

Nos dois casos, a Anatel fornecerá uma licença de espectro temporária.

IMG 20230524 111558496 HDR

Equipamento do Wi-Fi 6E da Cambium Networks (crédito: Henrique Medeiros/Mobile Time)