650x650px IMG SiteMT MPNForum2

O CPQD vai fazer demonstrações de redes privativas móveis durante o MPN Fórum, seminário organizado por Mobile Time cuja segunda edição acontecerá na próxima terça-feira, dia 29 de novembro, no WTC, em São Paulo.

Serão montadas para a demonstração duas redes privativas no local do evento: uma será 5G, na faixa de 3,7 GHz, e outra será 4G, em 700 MHz. Ambas usarão estações rádio-base da Telesys/Baicells e estarão conectadas ao core de rede convergente C2n, desenvolvido pelo CPQD.

Na rede privativa em 5G, será feita uma demonstração de uma aplicação de visão computacional com processamento de dados na borda (edge computing) a partir de imagens captadas por uma câmera. A ideia é mostrar uma aplicação que dependa de alta velocidade de transmissão de dados e baixa latência.

Na rede privativa em 4G serão demonstradas aplicações de Internet das Coisas (IoT) para o agronegócio, como monitoramento de microclimas, usando a plataforma de IoT do CPQD, a dojot.

Agenda

As oportunidades e desafios do mercado brasileiro de redes privativas móveis será tema de um painel de debate no MPN Fórum, com as participações de Ari Lopes, gerente para as Américas de mercados de telecom da Omdia; Cristiano Moreira, gerente de negócios com operadoras e soluções avançadas da Embratel; Fransergio Vieira, gerente sênior de desenvolvimento de negócios da Qualcomm; e Luiz Spera, gerente de estratégia para o mercado de telecom do CPQD.

O evento contará também com a apresentação de cases da Rede Globo, do governo da Bahia e da PUC-Rio, além de uma apresentação da Telesys sobre small cells e outra da EAF sobre o projeto de rede privativa móveld o governo federal. A programação completa e mais informações estão disponíveis em www.mpnforum.com.br