Max novo 1

Maximo Cavazzani, CEO e fundador da Etermax

A Etermax terá seis novos jogos móveis em seu portfólio até o final do ano. Desses, dois já foram lançados recentemente: Perguntados 2 (Android, iOS) e Adivinhados (Android, iOS). Em conversa exclusiva com Mobile Time, Maximo Cavazzani, CEO e fundador da Etermax disse que sua empresa lançará mais jogos em 2020 do que em 2021.

“Nós temos três verticais diferentes: jogos, inteligência artificial e publicidade em jogos. A nossa maior vertical é games com as franquias Perguntados e Apalavrados. Nós construímos um modelo de desenvolvimento tecnológico rápido. Dentro desse formato, vamos lançar seis jogos ao longo deste ano”, disse o executivo.

Criada em 2009 na Argentina, a desenvolvedora de jogos atua no seguimento de social gaming, uma categoria que tem jogos simples como caça-palavras, pergunta e respostas e bingos. Com seu portfólio em expansão, o executivo disse que manterá a criação de jogos sociais e não deseja ir para outras categorias que fazem sucesso no mobile, como aventura, quebra-cabeça (puzzle) e estratégia.

“Fazer um jogo de pergunta e resposta – ou qualquer outro tipo de game – não é difícil. Mas fazer um jogo realmente bom, isso sim é difícil. Nós vamos focar nesta categoria. Queremos fazer games que todos possam jogar. Até podemos introduzir novos meios nos jogos, como vídeo, mas não queremos ser o próximo Counter Strike (famosa franquia de tiro em primeira pessoa que tem 20 anos)”, disse o executivo. “Queremos levar o social gaming para o próximo nível. Para melhores dispositivos, com melhores formas de comunicar e mais rápidos”.

Conteudistas

etermax Apalavrados 2 1

Jogo Apalavrados

Importante dizer que a parte de jogos da Etermax é na verdade uma divisão de geração de conteúdo. Além dos apps, a companhia tem: jogos de tabuleiro de seus principais games, Apalavrados e Perguntados; a série animada Triviatopia; além de versões do game Perguntados para comando de voz via Alexa e Google Assistente.

O executivo explicou que desses conteúdos, o jogo por voz tem 100 mil acessos: “É pequeno em comparação com os outros produtos, mas é o maior jogo nesta plataforma. No entanto, a tecnologia de jogo nesta plataforma precisa evoluir”.

Em board games, Cavazzani explicou que é o produto de prateleira que mais vende na companhia, principalmente no Brasil e na Argentina, e que terá novos lançamentos neste ano. E confirmou que a série Triviatopia, baseada no jogo Perguntados, deve ganhar mais temporadas.

Covid-19

etermax Perguntados 1

Jogo Perguntados

Além do aumento de portfólio de games, Cavazzani explicou que deseja contratar mais funcionários na América Latina e que pretende abrir um novo escritório na Argentina, assim que a crise do novo coronavírus arrefecer. O executivo reconhece que o avanço da doença afetou sua operação, mas mantém os planos para 2020.

“A pandemia foi um problema para nós, mas não mudou os nossos planos”, disse o CEO.

O principal problema que o novo coronavírus trouxe para Etermax foi no segmento de publicidade. Segunda principal fonte de faturamento da empresa com um portfólio de 2 mil games, Cavazzani disse que esta área da empresa perdeu receita com empresas que compram espaço de mídia para colocar nos jogos. No entanto, essa perda foi equilibrada com a entrada de mais usuários e expansão do portfólio de games.

Em inteligência artificial, a companhia cresce, mas ainda busca seu espaço no mercado. Nesta divisão, a Etermax atua como uma consultoria para oferecer soluções como respostas automatizadas em marketplaces e notificação de bancos. Entre seus clientes estão Wal Mart e Banco Galícia.

Saúde financeira e rebranding

Antes da crise, a companhia estava em expansão puxada pela crescente em downloads, receita e usuários. Neste cenário, a Etermax abriu escritórios comerciais no Brasil e México em 2019, terminou o ano com 70 milhões de usuários ativos (maioria deles em São Paulo) e 60% de crescimento de receita ante 2018.

Em relação ao ano de 2020, Cavazzani preferiu não fazer previsões financeiras. No entanto, o CEO e fundador da desenvolvedora afirmou que pretende adquirir outras empresas no futuro, e que não precisa de dinheiro de fora para comprá-las, mas está aberto para conversas e parcerias.

Mais recentemente, a empresa teve uma mudança de marca para reforçar a presença nos mercados de inteligência artificial e publicidade. Na mudança, o setor de publicidade da Etermax passou a se chamar Flame, a divisão de IA ganha o nome Etermax AI Labs e a área de games Etermax Gaming. Além de um novo logo para representar a empresa como um todo.