O Android 9, nova versão do sistema operacional móvel do Google, foi batizado oficialmente como Android Pie, mantendo a tradição de seguir a ordem alfabética e sempre escolher nomes de doces – seu antecessor foi o Android Oreo. Ele chega inicialmente para os aparelhos da linha Pixel, por meio de atualização over the air (OTA), assim como para alguns modelos de fabricantes como Sony Mobile, Xiaomi, HMDGlobal, Oppo, Vivo e OnePlus que participam do programa beta do Android. Outras marcas devem lançar smartphones com Android Pie antes do final do ano, informa o Google em seu blog oficial.

A grande novidade do Android Pie é a aplicação de inteligência artificial para aprender sobre o usuário e otimizar a operação do smartphone. Isso inclui a previsão de ações dentro de apps. Com base no histórico de uso da pessoa, o Android sugere uma ação seguinte dentro de algum app, de acordo com o contexto. Durante a manhã de um dia de semana, por exemplo, o telefone pode sugerir abrir o Google Maps para dirigir até o trabalho, ou abrir uma playlist, se a pessoa vai de transporte público para o escritório.

Outra funcionalidade baseada em inteligência artificial é a de bateria adaptativa, que prioriza o consumo de energia para os apps que a pessoa mais utiliza, limitando o consumo para os demais. Também é usada inteligência artificial para o controle automático de brilho, de acordo com o ambiente e as configurações que o usuário costuma alterar. 

Layout

Haverá uma mudança importante no layout. Agora o Android contará com um único botão principal, que é acionado puxando de baixo para cima na tela e revela um overview do sistema e os apps abertos em tela inteira.

Captura de Tela 2018 08 06 a?s 16.41.02 androidpie

Controle

Na tentativa de reduzir o tempo que se gasta olhando para o celular, o Android Pie traz quatro novidades: 1) um painel que exibe informações sobre o uso do aparelho pelo seu dono; 2) uma funcionalidade para limitar o tempo máximo de uso diário de um app, deixando seu ícone cinza na tela inicial depois de atingido o limite; 3) opção de “não perturbe” para ocultar notificações visuais; 4) modo de “desaceleração”, que passa o celular para o modo noturno, aciona o “não perturbe” e põe toda a tela em escala de cinza antes de dormir.