neon2

A Neon Pagamentos (Android, iOS) vai fechar todas as contas de pessoas jurídicas. Procurada pelo Mobile Time nesta quinta-feira, 15, a fintech informou por meio de sua assessoria que os correntistas puramente PJ representam menos de 1% do total de clientes do segmento de pessoa jurídica. Ou seja, aqueles que utilizam o serviço MEI Fácil dentro da Neon não serão impactados pela mudança, pois o serviço segue normalmente e torna-se um dos foco principais da empresa. A ação de desligamento impacta apenas os clientes com contas puramente PJ, aqueles que possuem renda anual superior aos microempreendedores individuais (MEI).

Dito isso, a Neon afirma que focará seus esforços para “atender ainda melhor o cliente MEI, ao levar soluções adequadas para esse público, como: maquininha, cartão de crédito, boleto turbinado e pagamento do imposto mensal em um clique”.

A companhia disse ainda que os “clientes de contas PJ foram comunicados com um prazo de 30 dias úteis para retirar o dinheiro da conta”. Depois desse período, os correntistas PJ não poderão mais fazer movimentações.

A empresa ainda foi questionada sobre quantos clientes da modalidade PJ esperam converter para contas MEI ou PF, mas não respondeu.

Consumidores

No comunicado enviado aos clientes PJ, a empresa informou que eles terão até 17 de maio deste ano para transferir o dinheiro de suas contas para outra conta própria de pessoa física no Neon ou em outros bancos. Em outros trechos, a fintech diz que:

– As tarifas serão isentas durante o período de encerramento das contas PJ;

– O correntista precisa quitar todos os débitos que possui na conta;

– Em caso de sócio, a empresa precisará de validação da outra parte;

– E o Neon se compromete a manter por pelo menos cinco anos os dados das contas PJ que forem desativadas.

“A Neon Pejota vai se despedir para que possamos focar em outras frentes de negócio. Caso você perca o prazo de
transferência ou queira solicitar o seu informe de rendimentos, entre em contato com o nosso time de atendimento pelo email [email protected]”, direcionou a fintech em mensagem aos correntistas.