A 99 divulgou as regras para a solicitação do auxílio financeiro para seus motoristas e entregadores que precisarem ficar em quarentena por causa de contaminação do Covid-19 ou por terem tido contato com alguém infectado. O dinheiro virá de um fundo global de US$ 10 milhões criado pela sua controladora, a chinesa DiDi.

A empresa vai calcular o valor para cada colaborador com base na sua receita média diária na plataforma. No caso dos motoristas da 99, será usada a média do período entre setembro de 2019 e fevereiro de 2020. Para os entregadores do 99Food, será considerado o período entre dezembro do ano passado e fevereiro deste ano. O colaborador precisa ter feito pelo menos uma corrida ou uma entrega nos últimos 30 dias.

Para os profissionais que tiverem testado positivo, o auxílio cobrirá 28 dias. Para aqueles em quarentena forçada, serão 14 dias. O valor mínimo será de R$ 300.

Veja abaixo mais detalhes fornecidos pela empresa:

Teste positivo para Covid-19 Quarentena obrigatória por Covid-19
Ajuda Financeira

28 dias

14 dias

Documentos exigidos

Atestado Médico – papel timbrado deve conter nome do paciente, data não superior a 5 dias, CID, carimbo e assinatura legíveis; dados bancários e CPF válidos

Atestado Médico indicando quarentena obrigatória em razão do Covid-19 (papel timbrado deve conter nome do paciente, data não superior a 5 dias, CID, carimbo e assinatura legíveis; dados bancários e CPF válidos)

Prazo para pagamento

até 15 dias após análise e aprovação dos documentos

até 15 dias após análise e aprovação dos documentos

Valor mínimo R$ 300,00 R$ 300,00
Conta no aplicativo

suspensa por 28 dias

suspensa por 14 dias