Roberto Costa, CEO da Take

A Take alcançou neste mês de maio a marca de 1 bilhão de mensagens trafegadas em sua plataforma BLiP. O número foi atingido na última terça-feira, 26 de maio. A expectativa é de fechar o mês com aproximadamente 1,3 bilhão de mensagens. É a primeira vez que a companhia atinge esse patamar. A conquista foi revelada pelo CEO da Take, Roberto Oliveira, durante a live “Bots e autoatendimento: novos canais digitais ganham força na quarentena”, realizada por Mobile Time nesta quinta-feira, 28.

A Take tem verificado um forte crescimento no tráfego da BLiP desde o início da quarentena. Em fevereiro, antes da pandemia, foram 280 milhões. Em março, o número praticamente dobrou, chegando a 547 milhões. Em abril, novamente, quase dobrou, alcançando 983 milhões. E agora em maio a marca de 1 bilhão de mensagens foi atingida.

O canal responsável pelo maior número de mensagens trafegadas na BLiP é o WhatsApp, informou o executivo. “O grande desafio é ter a atenção do usuário e ir aonde ele estiver, usando os melhores recursos de cada plataforma. O WhatsApp tem um papel superimportante porque nele o consumidor final não precisa de um manual (para aprender a usar)”, comentou.

A BLiP é uma plataforma para a construção e gestão de chatbots, ou “contatos inteligentes”, como Oliveira prefere chamar. Ele entende que “bot” é apenas a ferramenta e o que o mais importante é a presença consistente das marcas nos diferentes canais.

Lives

O tema da próxima live do Mobile Time será “Entrega em casa: a explosão de demanda em apps de delivery durante a quarentena” e contará com as participações de Fabien Mendez, CEO da Loggi; Saulo Brazil, co-CEO do Delivery Center; e Sergio Saraiva, presidente no Brasil do Rappi. Para compra de ingressos e mais informações acesse a página do evento no Sympla ou entre em contato com nossa equipe de vendas: eventos@mobiletime.com.br/ 11-96619-5888 / 11-3138-4619 (WhatsApp).

Confira aqui o calendário de lives do Mobile Time.