uber

A Uber (Android, iOS) ganhou uma disputa legal de 18 meses contra o regulador de Londres, a Transport for London (TfL), e contra a Associação dos Motoristas de Táxi de Londres. No resultado divulgado nesta segunda-feira, 28, pelo juiz Tanweer Ikram, da Corte Magistral de Westminter, a empresa recebeu o aval para ter a licença de atuação de serviço de transporte privado na capital britânica. Durante este período, a Uber estava atuando na cidade por conta de uma liminar.

A disputa da Uber com a TfL e a associação de taxistas deve-se a uma série de falhas encontradas na plataforma, mas principalmente ao fato de que falsos motoristas estavam burlando o sistema do app para fazer corridas pela plataforma na capital inglesa.

Na decisão desta segunda-feira, Ikram afirmou que apesar das falhas históricas, a Uber tem condições de receber a licença, uma vez que desde abril de 2020, a empresa de transporte por aplicativo colocou um sistema de reconhecimento facial e revisão humana para confirmar a identidade dos condutores associados.

Como parte da decisão, Uber e TfL concordaram que a companhia deverá seguir uma série de regras para atuar em Londres, como protocolos de compliance, envio de relatórios mensais, proteção de dados, atendimentos aos pedidos policiais e checagem de identidade dos motoristas.