A Latam começará a utilizar inteligência artificial (IA) no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. O novo recurso servirá para gerenciar os canais de atendimento e reduzir o tempo de espera nas filas. O projeto está sendo desenvolvido pelo Latam Labs – núcleo de open innovation da Latam –, em parceria com a Proc Group – empresa especialista em infraestrutura de tecnologia da informação –, e será inicialmente aplicado no momento do check-in doméstico, com nove câmeras que vão acompanhar o fluxo de clientes em tempo real para transformar esses movimentos em dados.

Como vai funcionar

unnamed 10

IA transforma imagens em dados que alimentam um painel de controle da Latam. Imagem: Latam/Divulgação

As câmeras utilizadas vão captar a movimentação das pessoas e transformar esses movimentos em dados pela IA sobre quanto tempo o cliente foi liberado em cada fase do atendimento. Em seguida, será possível acompanhar em tempo real a demanda de passageiros em relação à estrutura do aeroporto para a Latam buscar equalizar os recursos de atendimento. A empresa não tem acesso às imagens das câmeras, somente aos dados transformados pelo software com base nas imagens capturadas.

Com as informações coletadas, isso permitirá aos funcionários da companhia aérea terem maior visibilidade da demanda e da qualidade dos serviços, pois a IA vai informar, por exemplo, quais ps dias e horários de maior fluxo. Segundo a Latam, a companhia está avaliando a possibilidade de levar essa estrutura para outros aeroportos do Brasil.