A TIM vai personalizar sua URA cognitiva em breve, que será chamada de ‘Taís’. Durante passagem pelo Super Bots Experience 2020, evento online organizado por Mobile Time que terminou nesta sexta-feira, 18, a CIO da operadora, Auana Mattar, confirmou o nome da assistente cognitiva que está atualmente em período de testes, mas deve ser lançada nos próximos dias.

“Começamos a fazer (os testes) com a URA cognitiva como primeiro contato. Estamos com um grupo reduzido de clientes para testar e avaliar, e depois faremos o rollout”, disse a executiva.

O percurso para a criação da identidade de Taís faz parte de um processo de evolução da URA cognitiva da empresa. Mattar explicou que há trabalhos de ampliar o uso de inteligência artificial, criar automações inteligentes e melhorar a análise de dados. Neste cenário, a companhia pretende chegar mais perto do cliente com fluxos regionais de atendimento e suporte para grupos segmentados, como os usuários do plano pré-pago TIM Beta.

“Esse processo de otimização da URA passa por estar mais próximo e criar um atendimento mais humano”, completou a CIO. “Quando falamos de URA cognitiva, pensamos em um processo que definir fluxos simples, treinar soluções cognitivas, integração sistêmica e melhoria contínua”, acrescentou.

Vale lembrar, a TIM adotou no começo deste ano uma solução de URA cognitiva usando a plataforma IBM Watson. Em poucos meses, a operadora conseguiu aumentar em 15 pontos percentuais a retenção definitiva em seu serviço de atendimento telefônico, subindo de cerca de 70% para 85%.

Auana Mattar, CIO da TIM, durante o Super Bots Experience