guerra comercial

EUA: ordem executiva não atinge usuários do WeChat

ONG US WeChat Users Alliance entrou com processo contra a ação do presidente norte-americano alegando que documento viola direitos como liberdade de expressão, religiosa e livre arbítrio

Carregando